Vibrador para casal: dicas de como sair da rotina e os melhores modelos disponíveis

O vibrador está na moda, e por isso cada vez mais pessoas estão procurando melhorar sua vida sexual, e até sair da rotina com esses acessórios. Porém, sempre rola aquela dúvida na hora de escolher o brinquedinho perfeito.

E se você está nessa situação, perdida perdida por conta de tantos modelos de vibradores que existem, calma! Hoje vamos mostrar opções para usar juntinho com a parceria durante o sexo.

Afinal, tem lugar pra todo mundo! E vibrador sempre caba mais um 😈

Ih, lá vem ele, o tão temido vibrador! O tabu que envolve esse acessório inofensivo é tanto, que deixa muito homem grande com medo. Mas calma, vem comigo que eu te explico tudinho, e até o final deste post, você vai estar relaxado(a) que vai parece que acabou de… usar um.

Sem querer estragar o conto de fadas de ninguém, mas uma coisa é fato: todo casal, em algum ponto do relacionamento, vai passar por uma fase meio morna, meio monótona, meio mais-do-mesmo no que se refere à vida sexual.

E não, isso não é um problema seu ou do parceiro, muito menos a culpada é a relação de vocês. Quando essa fase chega, queremos encontrar um culpado, desde o tempo de relação, até o modelo da cama, mas dificilmente queremos enxergar que o problema pode estar na falta de novidade.

Continue lendo e eu vou te dar vários exemplos pra você refletir junto comigo sobre a rotina e como os vibradores podem ser grandes aliados.

  • A rotina do casal, de quem é a culpa?
  • Como o vibrador pode te ajudar e como utilizá-lo?
  • Dicas de vibradores para usar em casal: tipo C e tipo U

A rotina do casal, de quem é a culpa?

Prometi exemplos e já vou começar com eles!

Então, lembra de como era no comecinho da relação? Só de pensar naqueles tempos já bate aquela nostalgia, né? A lágrima chega até escorrer, e eu nem disse por onde!

Com certeza você já pensou nesses momentos e se perguntou por onde anda aquele fogo. “Ah, mas todo começo é assim.” E acertou, todo começo tem aquelas realizações e desejos sexuais que podem acender qualquer lareira só com os hormônios que exalam nessa fase.

Mas por que? A resposta é simples. É tudo novo. A fase da conquista é recheada de desafios, descobertas, e principalmente, de muita vontade. Vontade de agradar, de impressionar, de se mostrar em sua melhor versão, inclusive na performance sexual.

Você ainda não sabe tudo sobre a pessoa com a qual você está se relacionando e as relações sexuais tendem a ser mais calorosas, afinal, é um terreno desconhecido e você vai fazer de tudo pra além de conhecer bem, fixar sua moradia por ali.

E nem preciso dizer que a paixão é um plus a mais. Estudos comprovam que os hormônios da paixão são tão avassaladores, que a falta do amado, ou da amada, é similar a um episódio de abstinência de entorpecentes.

A paixão, então, libera hormônios como a endorfina e a dopamina, que são basicamente responsáveis pelo prazer, motivação, bem-estar e energia. Com tudo isso, como não ter uma libido nas alturas?

Portanto, pensa bem, a culpa da monotonia pode muitas vezes estar relacionada à falta de novidade, a pura e simples rotina como quem faz o mesmo caminho de ida e volta todos os dias. Lembra do terreno que comentei antes? Agora é uma estrada mais do que conhecida.

Nessa fase, o que fazer pra sair da rotina?

É aí que você pode virar a chave do sucesso. Agora que você tem a dica de quem pode ser a culpa da vida sexual estagnada, é hora de pôr em prática algumas coisas:

  • comece antes da cama: antes de ir com sede ao pote, relembre como costumava agradar o parceiro no início do relacionamento. Mensagens mais elaboradas de bom dia, a comida preferida no meio da semana, um banho juntos, ou qualquer outra situação que até então tinha ficado lá no começo;

  • conversem, conversem muito: principalmente se o relacionamento for um pouco mais longo, você irá se surpreender sobre como seu parceiro pode ter mudado desde que se conheceram.

Nesse momento, pergunte sobre seus planos, suas vontades, desejos, e outros aspectos da vida até chegar no “assunto sexo.” A partir daí, falem sobre seus desejos, fantasias, sobre como era antes, o que gostariam que fosse igual, enfim, conversas sadias que relembram como vocês chegaram até onde estão hoje, podem ser muito gostosas e proveitosas.

  • inovem aos poucos: antes de chegar no vibrador, dê pequenos passos para a inovação. Transam apenas na cama? Surpreenda. No meio de um filme, provoque o parceiro, tenham preliminares ali mesmo, pode ser no sofá, no chão, no carro…

    Assim que encontrarem um momento oportuno e se sentirem à vontade, é claro, namorem. Até mesmo se não chegarem na penetração, uns beijos mais acalorados são sempre um click para despertar o desejo sexual.

Nunca subestimem o poder de um beijo bem dado e muito menos esperem o momento do sexo pra começar a beijar.

Como o vibrador pode te ajudar e como utilizá-lo?

Agora você tem todas as cartas na manga para sair de vez da rotina sexual, vou te contar mais sobre esse brinquedinho poderoso!

Mas antes, é preciso lembrar que quando se trata de relação sexual, o respeito e o consenso precisam ser a primeira pauta em questão. Então nada de na hora H, ir tirando o vibra de baixo da cama. Você não quer que seu parceiro saia correndo, pra nunca mais voltar, certo?

Assim, brincadeiras à parte, conversar sobre isso, antes de partir pra cima, é fundamental. Pra te ajudar, aqui no blog temos um artigo que vai te ajudar nessa conversa sobre o uso vibradores por casal e desmistificar alguns preconceitos sobre esse acessório e por aqui, te ajudamos como utilizar o vibrador.

Dicas de vibradores para usar em casal: tipo C e tipo U

Agora é a hora de escolher o vibrador. Com tantas opções no mercado, essa escolha pode não ser a mais fácil, ainda mais se você estiver no início de sua aventura com o vibra.

Por isso, aqui vai a dica:

  • vibrador tipo C: ele é pequeno, mas não se engane. O poder dele pode levar você e seu parceiro a um nível de prazer que vocês ainda nem conheciam. Uma das vantagens do vibrador duplo é que sua utilização não deixa ninguém na mão.

Com o encaixe perfeito e a vibração na medida certa, porque depende da sua escolha, esse vibrador proporciona o dobro de prazer e é claro, muito tesão para ambos. Pois a vibração estará estimulando tanto um, quanto o outro.

Para usar, use a aquela imaginação e criatividade que só vem na hora do tesão no nível máximo, como na imagem abaixo:

  • Vibrador tipo U: Leve, lavável, silencioso e recarregável. Além de proporcionar prazer, seu manuseio antes, durante e depois da relação é prático e facilita ainda mais a vida do casal, além de dar aquela ajudinha amiga.

Assim como o vibrador do tipo C, esse vibrador duplo, como o nome diz, proporciona prazer para os dois integrantes do sexo, que depois de conhecer esse acessório, nunca mais vai ser o mesmo.

Abuse da criatividade, utilize esses dois tipos de vibradores com outros acessórios, géis, e o céu é o limite quando você se desprende de mitos, vergonhas e preconceitos. O uso de produtos eróticos, além de serem sexualmente estimulantes, promove a autoestima, autocuidado e bons momentos fora das quatro paredes.

Conheça nossa loja, nela você encontra, além dos vibradores duplo tipo U e C, muito mais produtos incríveis. Assim como o vibrador, aqui o prazer também é duplo. Se te ajudarmos a chegar lá, nossa satisfação também é garantida.

Se conhece alguém que vive reclamando da rotina, envie este post para ela!

Acompanhe a gente nas redes sociais instagram e facebook. Fique por dentro das novidades!

Gostou? Então compartilhe esse conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos em Destaque
Tags
Categorias em Destaque
Anal
Relacionamentos
BDSM
Boquete
Saúde da Vulva
Saúde do Pênis
Fique Conectado
Carrinho

Entrar

Ainda não tem uma conta?

Loja
0 Lista de desejos
0 items Carrinho
Minha conta