Toxicidade nos relacionamentos

Quer saber quais os sinais de alerta que podem te ajudar a identificar um relacionamento abusivo e comportamentos tóxicos ?

Mas antes de ir pro sinais vamos esclarecer o que é um relacionamento tóxico e um relacionamento abusivo?

O que é um relacionamento tóxicos e abusivo?

São muitos os comportamentos que podemos entender como tóxicos ou abusivos. Um relacionamento abusivo pode ser entendido como aquele que te priva de ser quem você quer ser, fazer as coisas que julga importantes ou de expressar o que você sente ou pensa.

Sinais comuns de um relacionamento abusivo

O que é melhor para você: O outro te expor, intimidar ou tomar decisões que te façam sentir desconfortável com a desculpa de que é o “melhor para você” . Não acertamos em tudo que fazemos. No entanto, os aprendizados e as experiências nos fazem evoluir como pessoas. Por isso, é importante ter em mente que a pessoa que “sabe” o que é melhor para você: é você mesmo. Então se o outro estiver te pressionando, fazendo chantagem emocional ou te coagindo de qualquer maneira, é um grande sinal de que a pessoa está tendo um comportamento abusivo.

Depositar expectativas em você

Esse é um dos sinais que quando eu descobri tomei um “choque de realidade”. É comum ouvirmos as pessoas usando expressões como: “você frustrou minhas expectativas”, “Eu tinha expectativas sobre isso”, “Fiz esse bolo para você com todo o carinho e você não gostou.” A questão é que se o outro tinha expectativas ou não é um problema só dele. Criar expectativas sobre o outro é esperar que outro tenha um comportamento que foi idealizado por você e não o comportamento que ele quer ter. As pessoas precisam ser livres e caso decida estar com a pessoa, precisa pensar e reavaliar quantas vezes for necessário se você consegue conviver com o modo no qual ela quer viver.

Respeitar a individualidade do outro não pode significar desrespeitar a sua. Ou seja, se o outro está sendo abusivo, invadindo seu espaço ou te constrangendo de alguma maneira ele não está agindo com o “jeito dele” e sim sendo tóxico ou abusivo em suas interações.

Dono da razão

“É assim que as coisas são.”, “Eu sei que é isso.” , “O que você faz está errado.”, “ Não presta para nada mesmo.” Se a pessoa SEMPRE acha que está certa, o único jeito de fazer as coisas é o dela e ela faz com que você se sinta incapaz ou insuficiente, Tome muito cuidado.

“Cuido do que é meu.” “Quem ama cuida.”

Já deve ter escutado ou visto um vídeo de alguém pessoas sendo extremamente agressiva e invasivas por conta de ciúmes. Estes comportamentos abusivos a partir dos ciúmes são erroneamente entendidos como: normal ou até como demonstrações de amor, quando na verdade são comportamentos abusivos e perigosos.

ATENÇÃO: Quem ama cuida! Cuidar é: oferecer escuta ativa, ajudar o outro em seus projetos quando solicitado, se esforçar em conjunto para ter momentos agradáveis, reforçar o quanto você acredita que o outro “manda bem” em relação alguma tarefa, habilidade ou vocação. Cuidar não significa ser dono do outro, e sim ter uma parceria e cumplicidade.

São muitos os tipos de comportamentos abusivos e tóxicos e não seria viável trazê-los apenas em um, dois ou 20 textos. O importante hoje é passar para ti a ideia de que NÃO É NORMAL alguém te fazer sentir coagida, intimidada ou pressionada a fazer algo que não queira.

Acompanhe a gente nas redes sociais instagram e facebook. Fique por dentro das novidades!

Gostou? Então compartilhe esse conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos em Destaque
Tags
Categorias em Destaque
Anal
Relacionamentos
BDSM
Boquete
Saúde da Vulva
Saúde do Pênis
Fique Conectado
Shopping cart

Sign in

No account yet?

Shop
0 Wishlist
0 items Cart
My account