Ajoelhado

Filtrar por

Nenhum artigo para exibir

O livro do Kama Sutra

O que é o Kama Sutra?

Por mais que essa pareça uma pergunta meio boba, pois até um pré-adolescente sem pêlos pubianos “sabe” o que é o Kama Sutra, preciso de contar uma coisa: talvez ele não conheça tanto assim. 

Nem ele e nem você Calma, se ainda é um daqueles que pensam que o Kama é um livro cheio de posição sexual maluquinha da silva, não é bem assim. 

Na verdade, nós temos muito mais para aprender com os ensinamentos dele do que as posições mirabolantes e gostosas, pois entre uma pose de circo e outra que amamos, há muito sobre o relacionamento entre homem e mulher naquelas páginas.

Mas será que além da putaria, podemos aproveitar esses ensinamentos ou tudo é só mais um monte de falácia de zilhões de anos atrás que hoje em dia não valem de nada? 

Como ele surgiu? 

O Kama Sutra surgiu na Índia, o país oriental que hoje em dia tem mais de 1 bilhão de habitantes, e o que tem de gente, tem de cultura, costumes e tradições. 

Esse livro é uma prova da riqueza da cultura popular indiana, pois é um conjunto de artigos de conhecimentos e tradições do país, compostos de acordo com os “testes” e comprovações feitos há muitos séculos por eles mesmos. 

Colocando nos dias de hoje, o livro seria como uma tese de doutorado, cheia de conhecimentos científicos que tiveram seus resultados baseados em pesquisas e experimentos, mas nesse caso, da relação entre homem e mulher, no casamento, no cotidiano e na vida íntima

Então, o Kama Sutra nada mais é do que um compilado de percepções sobre a vida humana, que envolve, é claro, muito sexo

O grande responsável parte 1

Mas afinal, quem foi a grande cabeça pensante que criou o tão famoso livro? 

Bom, ele era mesmo uma grande cabeça pensante, pois nosso amigo Vatsyayana Mallanaga era filósofo e cientista.

Porééém, sabe aquele papo de “copia, mas não faz igual”? Então, foi mais ou menos assim, pois Vatsyayana (eu sei que você leu vatishdsdiaianai ) pegou todo conhecimento já adquirido por vários outros autores, compilou tudo e tcharan fez o Kama Sutra.

Só que tudo bem, ele deu todos os créditos e referências, além de dar um toque mais científico para o livro. 

Era putaria que ele queria? 

Como eu disse, o senhor Mallanaga não era apenas um safadinho como eu e você - brincadeira -, ele era filósofo e cientista e nunca sua intenção foi criar um livro que seria conhecido por séculos, apenas pelas posições sexuais. 

Na verdade, ele pretendia escrever sobre como as pessoas poderiam alcançar a felicidade sensual, um dos conceitos de felicidade mais antigos, que está relacionado aos prazeres dos sentidos, físicos e biológicos, a espécie de prazer que sentimos ao transar, beber e comer, por exemplo. 

Imagina viver em um estado em que nos sentimos sempre com as sensações que eu acabei de falar? Era isso que ele pretendia com o Kama Sutra e não essa 

percepção bem errada que temos no mundo contemporâneo. 

O grande responsável parte 2 

O responsável por levar a palavra do Kama Sutra para fora da Índia foi Richard Burton, que foi servir por lá, mas acabou tomando outros rumos além do militar. 

Um dia, conversando com uma prostituta, ela contou a ele sobre um “livro que falava sobre a arte amor”. Richard, como não era bobo nem nada, logo tratou de ler o livro de cabo a rabo, e segundo a História, se lamentou:

 “Nós, britânicos, nunca soubemos desse tipo de fazer amor. Se soubéssemos, não teríamos arruinado a vida de tantas virgens britânicas.”

Tadinho… Depois, levou esses conhecimentos para a Europa, depois para o mundo afora, e para nós, ele é o grande evangelizador do Kama Sutra. 

 

Então, o Kama Sutra tem mais do que posições sexuais 

 

Na verdade, muito mais! E você vai saber parte por parte agora mesmo: 

Parte 1 - Introdução

Introdução básica com alguns conceitos sobre o que é amor, proximidade e o que é o amor tanto para mulher quanto para os homens, além de especificar o sobre cada um dos gêneros e suas partes íntimas. 

Parte 2 - União Sexual 

O segundo capítulo é sobre tipos de beijos, abraços, mordidas, forma de deitar e algumas posições sexuais, mais precisamente, como elas influenciam a profundidade do orgasmo. 

Outro assunto abordado é a parafilia, desejo sexual por coisas incomuns, no sentido de serem inaceitáveis e não somente estranhas, além de falar sobre o triângulo amoroso composto por mulher, marido e amante do marido. 

Parte 3 - Aquisição de uma esposa 

Essa é a parte em que ele dá conselhos para os homens que estão em busca de uma esposa, mas também de como agradá-la e sobre a organização de um casamento. 

Parte 4 - Sobre uma esposa 

Para as mulheres, as dicas de Mallanaga são relacionadas ao casamento, como elas precisam se comportar para serem boas esposas com o marido e na ausência dele. 

Parte 5 - Sobre as esposas de outras pessoas 

A parte 5 é sobre a sedução e a sedução das esposas de outros homens. 

Parte 6 - Sobre as prostitutas 

Além da famosa família tradicional, o autor dedicou esse capítulo somente às prostitutas e ao exercício dessa profissão. 

Parte 7 - Sobre os meios de atrair os outros para si 

E para fechar com chave de ouro, a última parte fala sobre a atração, como atrair o desejo e despertar vontade nas pessoas, inclusive dicas de afrodisíacos para segurar o crush, além de maneiras de excitá-lo.

Afinal, o que o Kama Sutra diz sobre sexo?

Com tantas partes, técnicas de sedução, atração, excitação, o casamento, onde fica o sexo no meio disso tudo? 

Por mais que o relacionamento em si seja bem pautado, com certeza um dos pilares é o sexo, isso é inegável. De acordo com o Kama Sutra… 

Sexo significa: 

 

Muito mais do que apenas a penetração, o sexo significa a junção de dois corpos em um só, não apenas fisicamente falanado, mas de modo espiritual. 

Ainda hoje, pessoas acreditam que há uma intensa troca de energia durante as posições sexuais. No Kama Sutra, o conceito é parecido, pois acredita-se que o sexo envolva corpo, sentimento, emoção e sensualidade que transcende a carne. 

O terreno deve ser preparado para o sexo como outra forma de excitação

O Kama Sutra também nos ensina que para a posições sexuais serem realizadas de um modo que nós tenhamos o máximo de prazer, todo o ambiente deve estar preparado para isso. 

Ou seja, o cheiro, a iluminação, o local, todas as características que envolvem o ambiente devem estar voltadas à sensualidade e à intimidade, para que o casal não se disperse com outras coisas além de seus prazeres. 

Desse modo, a mente precisa estar vazia de coisas alheias ao sexo, sendo fixada não só ela, mas alma e corpo inteirinhos somente ao prazer. Além do ato sexual, as emoções e os amores devem ser protagonistas. 

Sobre as posições sexuais 

As posições do Kama Sutra são denominadas pelo autor como “as artes”. Interessante, né? 

São 8 “artes” e cada uma delas têm 8 variações, somando 65, posições sexuais descritas detalhadamente, tão detalhadamente que são descritos 3 tipos de homens e mulheres, 8 tipos de abraço e 10 tipos de amor

É essa parte que as pessoas costumam retirar do contexto e disseminar que o Kama Sutra é apenas um monte de posição sexual para se copiar.

Ainda bem que agora você sabe que não é assim! 

Afinal, o que podemos aprender com o Kama Sutra? 

Mas entre todos os ensinamentos e teorias sobre o casamento, o homem, a mulher e a relação sexual, o que podemos tirar disso tudo

Bom, primeiramente precisamos lembrar que ele é datado no século 4, ou seja: levar ao pé da letra tudo o que está escrito nele, desculpem a sinceridade, é burrice

Então, algumas coisas como seduzir a mulher alheia, ter amantes, normas de como a mulher precisa de comportar perto e longe do seu marido, são dicas que vocês obviamente podem e devem descartar

 Porém, há certas “lições” que podemos tirar do Kama Sutra. 

  • Preparar o ambiente

Onde você sentiria mais tesão

num quarto com todas as luzes acesas, com cheiro de peixe e tocando galinha pintadinha 

ou… 

num lugar escurinho, à luz de velas e uma música sexy?

Com certeza a segunda opção é a melhor, né? (por favor, diga que sim!) Isso porque isso influencia muito na hora da transa, um bom clima é 50% do caminho andado

Por mais que não seja todo dia que você vai dar uma de decoradorx de ambiente, mas às vezes, investir no lugar mais propício possível faz toda diferença. 

Apaga a luz, deixa tudo limpinho, cama arrumada (para bagunçarem depois, claro), um aromatizador de ambiente, que vai ser útil todo dia, compra uma lâmpada de led colorido, enfim, são opções bem práticas que já dão um up a mais

  • Seduzir o parceiro sempre 

Essa é outra dica massa do Kama Sutra. Quase todas as partes falam da sedução, de como seduzir o parceiro, como mantê-lo atraído e focado em você

E isso é bem valioso em relações de anos. Muitas vezes a gente pensa que não precisa mais conquistar o que já foi conquistados, mas esse pensamento pode ser um tiro no pé

Isso porque não basta atrair, é preciso manter-se atraído, caso contrário: relação, morna, sem graça, anêmica, xoxa e capenga. 

A sedução é a lenha que você coloca na fogueira, dia após dia, para manter aquela sensação de “nossa, como eu gosto delx, como eu gosto do que nós temos”.

Então, não se esqueça do que faziam no começo, dos elogios, da bajulação, de se arrumar pra elx, do carinho, do agrado e tudo o que fazemos quando queremos alguém. 

  • Variar, para não cansar 

Outro fato do Kama Sutra é a variedade. 

Por lá, não tem só variações de posições, mas de dicas e ideias para melhorar a relação íntima de diversas formas, como nos beijos, abraços, mordidas, arranhões (pois é…), e outras formas de surpreender e sair da rotina

É claro que, novamente, não é preciso levar ao pé da letra e beijar de pé, de cabeça pra baixo, saltitando e as 40 maneiras de se beijar que existem no livro, mas vamos pensar apenas em sair sempre do “mais do mesmo”. 

Afinal, a rotina é uma das maiores causas de desgaste no relacionamento, e infelizmente, uma hora todo mundo acaba nela. 

Então, o melhor é evitá-la sempre, tentando coisas diferentes, posições, brinquedos, lugares, viagens, passeios, comidas, enfim, situações rotineiras no geral. Variem

Como usar o Kama Sutra da Minha Amiga Me Disse

Você sabia que a Minha Amiga Me Disse tem um Kama Sutra? Pois é, o nosso é todinho sobre posições sexuais e como fazê-las. 

Ele é nosso xodó, porque além de posições fod@s, é inclusivo, pois tem para todos os tipos de sexo: vulva com vulva, pênis com vulva, pênis com pênis, sexo BDSM, enfim, todo mundo tem direito de gozar gostoso

Como eu disse, ele é sobre posições, mas no nosso blog explicamos muito sobre sexualidade, damos dicas de brinquedos eróticos, resenhas, uso de cosméticos, fetiches, tudo o que envolve o prazer da carne, mas também sobre a sexualidade sem tabus

Afinal, século XXI, né? Há vários gêneros, tipos de corpos, formas de amor, de sexo, configuração de casais, enfim. 

Aqui, tem espaço para todo mundo, sem distinção. 

São quantas posições? 

Hoje temos cerca de 200 posições sexuais, que abrangem tudooo isso aí, é muita variedade!

E como não damos só a posição, mas também ensinamos a fud3r gostoso, em cada um delas damos dicas de como fazê-las, variações e ainda indicamos produtos para usar e deixar tudo ainda mais gostoso. 

Como usar e quem pode usar nosso Kama Sutra? 

Para usar nosso Kama Sutra você tem que se despir, e eu não estou falando só da roupa, tá? 

Mas se despir de papéis de gêneros, de “tradições” retrógradas, de ideias do que é “o certo”, se despir de inseguranças, de julgamentos e aproveitar todas as posições que tiver vontade. 

Conheça nosso Kama Sutra e todas as suas posições sexuais, faça as que mais sentir desejo e veja como é gos-to-so inovar no prazer e se despir do óbvio. 

Aproveite, goze, se divirta e depois vem aqui pra escolher mais e mais jeitos de se satisfazer.

Você vai gostar dos últimos textos do blog
Carrinho

Entrar

Ainda não tem uma conta?

Loja
0 Lista de desejos
0 items Carrinho
Minha conta