Saiba como ter uma ejaculação feminina o famoso “squirt”.

Essa aqui é uma das maiores pesquisas, graças ao filmes pornô, quase todas mulheres querem ter ejaculação feminina, mas será que é possível?

O mundo em que vivemos está cada vez mais fantasioso e irreal. Isso tudo se multiplica por dois ou até três quando o assunto é amor, e por quase cinco quando o assunto é sexo. Assim como os filmes e novelas e propagandas nos dão uma falsa perspectiva do amor. A indústria pornográfica nos apresenta um mundo totalmente fictício quando o assunto é sexo (cuidado!).

 

O que é pode indicar isso é a procura interminável por ejaculação feminina, pode parecer controverso falar em texto de squirt, mas não são todas as pessoas e nem todas as situações que é possível ter ejaculação feminina ou “squirt” (como é chamada). Vamos normalizar quem tem e é super normal ter, mas não é obrigatórios sair litros de líquidos para ter prazer, mas sem ladainha se você veio até aqui é porque quer tentar. Dito isso, vamos aprender a ter uma ejaculação feminina.

 

Para aprender é preciso entender. O que é um “squirt”? Nada mais do que um fluido retido na bexiga, que é liberado quando uma mulher tem um orgasmo. Acredita-se que isso envolva as glândulas de Skene. Trata-se de duas estruturas localizadas perto do fim da uretra, que podem produzir fluido com estimulação no ponto G. Agora se liga nisso: um estudo mostrou que quase 80% das mulheres que experimentaram a ejaculação disseram que melhoraram sua vida sexual. Mas vale lembrar, que conseguir realizar o squirt ou ejaculação feminina não é um medidor de orgasmo e prazer (cada corpo é um corpo único).

 

Para saber de tudo isso e entender o que isso representa no seu corpo, será necessário tentar. Então aqui vão algumas sugestões para chegar nesse êxtase (…). Primeiro de tudo tenha paciência consigo mesma e com seu corpo. Pode levar um tempo para entender como fazer seu corpo ter a ejaculação feminina. Além disso, como a ejaculação feminina depende de uma ampla estimulação, é muito mais fácil consegui-la em uma sessão de sexo sem pressa do que em uma rapidinha.

 

Concentre-se primeiro em estimular o clitóris. Isso ajudará a trazer sangue para a área e deixar a região do ponto G pronta para brincar. Quando já estiver bastante excitada, insira o dedo médio e anelar alguns centímetros dentro da vagina e esfregue o ponto G. Ele parece uma pequena área esponjosa ao longo da parede vaginal. E perceba que você vai precisar fazer isso por um longo período. Para melhorar suas chances de esguichar, relaxe os músculos do assoalho pélvico enquanto estimula o ponto G.

 

A quantidade de pressão necessária para ejacular é geralmente maior do que você pode fazer sozinha ou um parceiro pode fazer por você, especialmente por bastante tempo. Por isso, recomenda-se o uso de brinquedos eróticos (de preferência opções com ângulos curvados).

 

Muitas mulheres sentem que vão fazer xixi quando estão perto de atingir o orgasmo. É normal, tá? Outra coisa: não se preocupe se não conseguir, tente novamente e seja compassiva consigo mesma. Apenas relaxe, aproveite as sensações e, se for para acontecer, acontecerá.


Aproveita e segue a gente nas redes sociais para não perder nada!



 

Minha Amiga Me Disse

A plataforma Minha Amiga Me disse foi criada para comunicar sobre prazer e saúde sexual de forma descontraída e informativa. Aqui não temos tabus, nem julgamentos, acolhemos toda diversidade e acreditamos que prazer e saúde andam lado a lado. Estamos há mais de 10 anos no mercado e com isso selecionamos os melhores produtos para sua jornada de descoberta. Como um verdadeiro papo de amiga, só vai ficar entre a gente!

Gostou? Então compartilhe esse conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos em Destaque
Tags
Categorias em Destaque
Anal
Relacionamentos
BDSM
Boquete
Saúde da Vulva
Saúde do Pênis
Fique Conectado
Carrinho

Entrar

Ainda não tem uma conta?

Loja
0 Lista de desejos
Minha conta
Menu