Edging Play: Como se divertir com a brincadeira de privação de orgasmo

O Edging Play é um jogo que atrasa ou priva seu orgasmo logo no momento em que você ou o outro está prestes a chegar lá.

Isso pode parecer um pouco estranho, já que o orgasmo é o momento mais aguardado no sexo, mas eu prometo que negá-lo um pouquinho pode ser recompensador e além disso, ser mais uma das brincadeiras que vão elevar o patamar das suas relações! 

Na imagem temos uma pessoa com uma toalha enrolada ao coropo com cara de prazer

É como dizem por aí, você dá mais valor àquilo que não vem tão fácil, e é claro, deixe o melhor pro final… E se o final demora um pouco mais, ele vai ser muito melhor do que esperava. 

Então, let ‘s (Edging) Play!  

Negação do orgasmo? É um tipo de tortura? 

Eu sei que falar em negação do orgasmo pode parecer um tipo de castigo. Tenho certeza que você tem sido uma boa garota ou um bom garoto (não é?! 👀), e por isso não merece nenhuma punição. 

Na verdade, é o contrário. Hoje eu vou ensinar um jogo que vai ser um presentinho pra você, se quiser ter um orgasmo muito mais intenso do que o de costume, ou proporcionar o parceiro ou parceira a ter o melhor orgasmo que ele poderia ter. Tem como isso ser ruim? 

– essa é a hora onde todos dizem: nãããão –  

Primeiro, vamos começar do começo:

O que é Edging Play? 

O Edging Play é um jogo sexual não tão conhecido como ele merecia. O que você costuma ver por aí, são inúmeras dicas pra chegar ao orgasmo o mais rápido e fácil possível, não importa se pra isso você tenha que virar de cabeça pra baixo, dar um mortal e bater palma três vezes no meio do sexo, apenas…chegue…lá. 

Todo esse sangue no olho é graças a dificuldade que algumas pessoas têm em gozar, principalmente as mulheres, sendo até comum o fato de não terem orgasmo em todas as relações sexuais. 

Bom, o Edging parece ir contra essa maré. Afinal, consiste em privar o orgasmo algumas vezes. 

Pensa que você está numa montanha-russa que está subindo, subindo, subindo, e ao invés dela descer e você sentir todo aquele frio na barriga gostoso, ela simplesmente para. 

Você quer muito que ela desça, essa é a melhor parte! Mas ela não desce, e você fica esperando por isso, e quando brinquedo finalmente resolve voltar a andar, é como se você estivesse esperando isso a vida inteira, e aí, claro, vem os gritos, a euforia e o alívio. 

A negação do orgasmo tem essa pegada. O Edging Play te priva agora, pra te dar o dobro depois. 

Como? Quando há negação do orgasmo, ele se intensifica, ficando maior e mais forte. E quando finalmente se permite gozar, é um prazer gigantesco. 

Você pode fazer isso solo, na masturbação, no sexo, ou torná-lo realmente um jogo, onde é o outro que vai te dominar, negar o seu orgasmo e concedê-lo apenas quando ele bem entender. 

Não parece divertido? 

Como funciona a negação do orgasmo? Qual é a receita do sucesso?  

Existem 3 tipos de negação do orgasmo. Antes de brincar, escolha seu jogo preferido:

  • negação completa: para os mais corajosos, aqui, não há nenhum orgasmo, é a privação real e oficial de gozar;
  • provocação e negação: nesse joguinho, você é permitido a chegar muito próximo ao orgasmo, mas não pode, de fato, chegar lá, até que alguém (ou você mesmo) permita;  
  • orgasmo arruinado: para os mais dominadores (e submissos), o orgasmo arruinado é quando se está gozando, mas algo é feito para parar ou tornar esse momento menos prazeroso. 

Antes de continuar lendo, e para tornar sua brincadeira ainda mais divertida e gostosa, conheça nosso Kama Sutra, lá tem posições que vão dar um toque ainda mais especial e diferenciado pro seu joguinho. 

E se veio até aqui pra conhecer todas as técnicas e se tornar um(a) sexpert, baixe o Manual Garganta Profunda, lá tem as melhores dicas pra você dominar todos os métodos, do básico ao avançado! 

Voltando ao Edging Play…

Sozinho, em dupla, trio, ou quantas pessoas quiser colocar no time, e tenha você pênis ou vulva, nessa brincadeira, entra quem quer e aguenta! 

E não se preocupe caso sua parceria esteja longe. O Edging à distância pode ser tão divertido quanto o presencial, ele só vai precisar ser devidamente documentado, o que torna a negação do orgasmo ainda mais excitante. 

Click, click…boom!

Ah, apesar de ser uma técnica BDSM, você não precisa ser um adepto e nem ser um sadomasoquista pra começar a jogar. Só precisa querer se divertir tendo um orgasmo muito mais intenso e prazeroso, o ápice do ápice

Precisa de um motivo maior que esse? Acho que não. 

Qualquer um pode praticar a negação do orgasmo? 

Calma, esse é um terreno pouco explorado, e se mal executado, pode ser um tiro no pé. Por isso, existem 3 regras básicas: 

  1. Segurança física e emocional de todas as partes.
  2. Todos devem estar conscientes do que se trata e quais as consequências.
  3. E, principalmente, ser tudo consentido, antes e durante o jogo.

Preenchendo todos os requisitos, bora pra prática! 

Como fazer o Edging Play? 

Primeiramente, minha dica é: comece sozinho. Você só sabe se gosta de laranja, se chupar uma laranja. E sem saber se gosta da fruta, não convide ninguém pra sua casa pra fazer um suco. É meio óbvio. 

Então, com o Edging Play, é a mesma coisa. Experimente sozinho, com o uso das mãos ou do vibrador, você pode encontrar vários deles em nossa loja

Experimente, pare o ato logo que estiver para gozar e recomece. Veja até onde aguenta, e principalmente, se gosta da coisa. 

Faça isso tirando as mãos das partes íntimas, desligando o vibrador, ou outra forma de “acabar com a alegria.” Tente algumas vezes até se permitir gozar.  

Amou? Conversou com a parceria e toparam jogar? Aqui vai mais algumas dicas: 

Estimule de várias formas 

Quando estiver no ponto pra ter orgasmo, mude a estimulação, se for penetração, pare e comece o oral, ou vice-versa, troque o clitóris pelo ponto G , ou pela masturbação. Vá alternando sempre que sentir que vai gozar, mas não faça direto!  

Pare, espere uns segundos e recomece.  

Alterne o ritmo 

A negação do orgasmo pode ser feita alternando os ritmos. Mais devagar ou mais lento, dependendo de como você ou a pessoa chega ao orgasmo mais rápido. Ao invés de “isso, isso, isso!”, tem que fazer o contrário “disso”, afinal, queremos a negação do orgasmo e não a facilitação dele, não é mesmo?

Se comunique 

Saber em que ponto de excitação a relação está, é fundamental no Edging Play. Reconhecer os sinais é importante, pois quando sentir que você, ele ou ela irá gozar, já sabemos que é o momento da privação. Trabalhe entendendo esses sinais e sempre no limite deles! 

Abuse dos joguinhos de negação do prazer 

Não sabe como negar na prática? A gente ensina: 

  • dar um horário específico ou um número de vezes que o orgasmo precisa ser negado, até a permissão dele;
  • só permitir o orgasmo se a parceria completar algum comando, uma atividade ou uma lista de tarefas (que tenha a ver com sexo, erotismo e sensualidade, pelo amor! não é pra negar o orgasmo do outro até ele ter lavado toda a louça);
  • permitir o orgasmo só depois de ter feito o outro gozar;
  • ter uma palavra chave, e apenas depois de dita, permitir que a pessoa goze;
  • fazer um jogo de luzes, como “sinal verde e vermelho”, para parar ou continuar/poder chegar ao orgasmo;
  • utilizar um timer, e antes dele soar, o orgasmo está proibido.

Enfim, usar a consensualidade e a criatividade, pode elevar seu orgasmo a outro nível! E quando quiser chamar outra pessoa pra descer pro play junto com você, a brincadeira pode ser ainda mais excitante. 

Experimente, divirta-se e descubra as vantagens desse experimento! Você não tem ideia da capacidade que o corpo tem de proporcionar orgasmos poderosíssimos, como nunca sentiu antes. 

Focar em conhecer o seu corpo e mente, é uma boa coisa que você pode fazer a si mesmo. Não apenas no sexo, mas em várias áreas da vida, o autoconhecimento é a chave pro sucesso e o caminho pra saber o que é melhor e mais agradável pra você. 

O Edging Play pode te ajudar nisso, de forma intensa, divertida e muito prazerosa. 

Então, se é daqueles que não nega fogo e muito menos uma boa sacanagem diferenciada, experimente a negação do orgasmo, e por favor, me conta como foi. Siga a gente nas redes sociais e compartilhe a sua experiência! 

Aproveita e segue a gente nas redes sociais para não perder nada!



Gostou? Então compartilhe esse conteúdo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos em Destaque
Tags
Categorias em Destaque
Anal
Relacionamentos
BDSM
Boquete
Saúde da Vulva
Saúde do Pênis
Fique Conectado
Você também vai gostar de ler
Carrinho

Entrar

Ainda não tem uma conta?

Loja
0 Lista de desejos
Minha conta
Menu