Como fazer o Pompoarismo

Uma das maiores dúvidas de quem vai até a loja comprar produtos eróticos é sobre o famoso pompoarismo. “Como identificar o anéis?”, “Quantos minutos por dia são necessários?”, “Como controlar a respiração?”. Vamos esclarecer essas dúvidas ao longo do post.

O fortalecimento pélvico faz muito bem para as mulheres em qualquer idade e qualquer fase da vida, isso desde o período de gestação, do puerpério até após a menopausa. 

Além disso, também melhora o desempenho das práticas sexuais, porém, quando se trata de fazer os exercícios com esse objetivo, aí o bicho pega!

Mas calma, vamos te ajudar com isso. Primeiro, quero deixar claro que aqui estão apenas algumas dicas, uma introdução ao pompoarismo, e não algo mais a fundo, ok? 


Principais dicas para quem quer praticar pompoarismo 

Todo mundo mundo consegue

Antes de começar, caso você tenha alguma dúvida se pode fazer ou não deve procurar ajuda de um ginecologista! Nesse caso, não vale a amiga dizer, pois se sabe que tem alguma disfunção pélvica, procure um profissional.

No começo, vai parecer que está fazendo tudo errado e achar que nunca verá resultados, mas não se engane, o pompoarismo é para todas as mulheres, de todas as idades!

Em qualquer caso, as diferenças só começam a aparecer depois de um mês, mas não desista, pois ele precisa ser praticado sempre. Nesse caso, tanto para manter colher os resultados, como para mantê-los. 

Com 10 minutinhos de exercícios diários você já conseguirá manter a pepeka em dia.

Como identificar os músculos

O movimento de contração é parecido com o de segurar xixi, então imagine que você está no banheiro ou durante o xixi mesmo faça força para interromper/segurar para que ele não saia. 

Pronto, esse movimento é uma pequena contração muscular, mas você pode mais. Agora, sem estar com a bexiga cheia, faça essa contração e vá aumentando

Conseguiu? Então agora sabe como identificar os músculos necessários para os exercícios de pompoarismo. 

Mas como saber se está fazendo certo?  

Faça a contração acima, e conte até 3. Quando contar 1, faça um movimento fraco, no 2, um movimento médio, e no 3, um forte.

Para saber se está realmente certo:

  • com uma roupa bem elástica sente em uma cadeira;
  • coloque mão no meio da perna;
  •  com a palma virada pra cima, a mão na vulva mesmo, e faça esse movimento de contração: 1, 2 e 3! 

Ao fazer o movimento note que sentirá a primeira “fisgada” no ânus, a segunda perto do clitóris, e a terceira, algo interno e gostoso.

A última é a que exige mais força no pompoarismo, pois é uma que não costumamos fazer conscientemente. Já as outras 2, são as contrações para segurar até chegar no banheiro, então essas serão mais fáceis.

Depois, com os olhos fechados, faça as contrações e você vai perceber que elas são mais intensas, vai sentir melhor o movimento.

Caso estiver errando: 

Se não está conseguindo fazer, talvez a respiração esteja errada. No pompoarismo não precisamos da completa, mas sim, da respiração média: 

  • encha todo o pulmão e sinta estufando o peito e solte, desse modo, deixe a respiração mais curta e mantenha assim;
  • encha todo o pulmão e tente fazer os movimentos de contração novamente.

Como fazer os exercícios de pompoarismo? 

Sobre o tempo e quantidade de vezes

Tire uns minutos diários para fazer o movimento de contração e relaxamento, ok? 

Pode fazê-los qualquer posição que esteja confortável ou até mesmo fazendo outras atividades como: no banho, enquanto dirige, movimentos de yoga, assistindo um filme ou coisa parecida.

Porém, não faça durante atividades físicas de alto impacto (corrida, musculação, etc), até porque, você vai precisar de concentração e da respiração correta.

Além disso, o tempo de contração será o mesmo tempo do relaxamento. No caso, se vai fazer 3 segundos de contração, são 3 de relaxamento, e assim vai, entendido?

Sobre as contrações do pompoarismo 

Faça contrações alternadas:

Pulsar: 1 segundo contraindo e 1 segundo relaxando por 15 segundos, relaxe e repita 3x.

Devagar: Contraia 3 segundo relaxe 3 segundo por 15 segundos, relaxe e repita 3x

Quando os movimentos estiverem fáceis, principalmente o da terceira contração, aí é momento de colocar peso e carga com os acessórios de pompoarismo. 

Por fim, lembre-se que o pompoarismo é movimento de consciência corporal, então primeiro entenda o seu corpo e como fazer as contrações antes de deixá-lo mais difícil com os acessórios, ok?

Se está fera nesses, vá para próxima etapa com os acessórios e aprenda como utilizar os acessórios aqui.

Aproveita e segue a gente nas redes sociais para não perder nada!





Bruna Souto

A Bru é aquela que parece que é séria, mas é uma completa palhaça, ela é bem criativa e criadora dos script e conteúdo e mais que isso, ela desenvolver VIBRADORES. Trabalha no ramo faz mais de 10 anos e sua curiosidade a fez experimentar muitos vibradores para falar com certeza e propriedade técnica sobre eles, afinal é formada em eletrônica.

Gostou? Então compartilhe esse conteúdo!

3 thoughts on “Como fazer o Pompoarismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos em Destaque
Tags
Categorias em Destaque
Anal
Relacionamentos
BDSM
Boquete
Saúde da Vulva
Saúde do Pênis
Fique Conectado
Carrinho

Entrar

Ainda não tem uma conta?

Loja
0 Lista de desejos
Minha conta
Menu